Feeds:
Posts
Comentários

Caminhão de patch!



Caminhão de patch!, upload feito originalmente por ClauCiapina – Craft Corner.

Olha só o que a gente faz só pra tirar uma foto bacana!
Não que a foto seja realmente aquela foto de prêmio, mas o conteúdo é bacana.
Um caminhão de engradados coloridos. Não parece um patchwork?

Foi a primeira coisa que pensei quando vi. Caçei a máquina na bolsa, acelerei na pista lateral e tirei a foto sem focalizar direito, olhando pra frente. Mas até saiu o que queria.

Bacana né?

O que me faz feliz!

Estou decorando meu apartamento desde que peguei as chaves dia 29 de janeiro. Tudo devagar porque falta tempo$. Na verdade falta tempo mesmo porque sou adepta do faça você mesmo, como deu pra perceber por aqui.

aptoclau05
As pastilhas do piso eu mesma apliquei, acabei com minha coluna, mas literalmente coloquei a mão na massa, rs
Olha as mãozinhas da minha mãe ajudando! É família unida faz arte unida, rs

O azulejista colocou o piso seguindo a minha paginação e deixou um espaço para depois eu mesma assentar a pastilha.
Mesclei três cores e montei a faixa. Usei a pastilha Jatobá, comprada em uma placa de 30×30. Cortei as faixas de papel kraft (pardo) e colei as pastilhas em uma ordem pré-definida. Não dá tanto trabalho. Usei cola branca para fixar cada pastilha.

aptoclau603
Depois fiz uma camada com cimenticola para regularizar o contrapiso e deixar no nivel exato, já que a pastilha tem a espessura menor que a cerâmica.
Nesse meio tempo surgiu um problema que só na base da criatividade para resolver. Não existe uma argamassa para pastilha bege no mercado. Tem de várias cores, mas o bege que usei para o piso não tem. A solução foi fazer uma mistura do rejunte usado no piso com a argamassa de pastilha. E no fim, depois de retirar o papel pardo com água, rejuntei novamente.

O que me faz feliz?

Colocar a mão na massa!

aptoclau501

Pintei uma parede do meu quarto e fim de semana que vem será uma parede do ateliê.

Passei o domingo “pichando” a parede da sala, como diz meu pai, rs.

ramo_001

ramo_002

Procurei um desenho simples de ramos de folhas imprimi em folhas A4 e montei em um tamanho bom para a parede.

aptoclau503

Tem coisa melhor que passar a tarde fazendo o que gosta?

Reino Homem

Escrevi esse texto em 2007, depois de uma decepção amorosa.

Hoje estava revendo uns arquivos e achei, resolvi postar aqui porque me fez dar risadas e lembrar que a decepção passou, mas o texto está atualíssimo!

Curtam!

Nunca fui preconceituosa. As pessoas não precisam ser rotuladas, classificadas. Cada um pode escrever uma linha diferente, mesmo sendo parecidas.

Enganei-me. Mudei. Passo a partir de agora a rotular os homens. Eles podem ser classificados, rotulados e com uma boa olhada, como se procura na lista de ingredientes de um produto da prateleira do supermercado, analisar cada item e verificar se está levando o produto certo.

Eis meu sistema de classificação: Solteiro, Casado, Separado. Obvio, né! Grande conclusão cheguei!!

Calma, essa é a classificação geral, como nas plantas, o Reino é o homem. Mas dá para dividir cada classe em tribos:

Primeiro, os Solteiros:

Solteiro com Freezer – Tem namorada, mas guarda-a no freezer e tira para esquentar e comer no fim-de-semana. Ele pode atingir um nível acima, pedindo pizza no meio da semana, mesmo com a namorada no freezer, esses são os mais abusados, corajosos, mas a maioria só petisca batatinha e salaminho com os amigos. Sempre voltam para abrir o freezer e matar a fome. Se o namoro passou de três anos e nem noivo ficaram, olhe de novo, pode ser que tenha pego o produto errado da prateleira. Esse fermento é perigoso, o bolo pode solar.

Solteiro Animal – Quando a idade passa dos 33, pode começar a se preocupar. Pode ser o solteiro galinha, ou o solteiro coelhinho. Os dois são problemas à vista, a prazo, são problemas com certeza. Ou vão demorar muitos anos a entender que um relacionamento é a dois, ou que as mulheres não são lobo mal.

Solteiro Procura – Grupo restrito e com difícil acesso. É espécie rara, quando aparece um, a mulherada ataca e coloca na gaiola. O abate é tão rápido que quando vêem já passaram pra outra tribo, a dos casados. Existe sim, e se alguém tiver notícia de um, por favor enviem email, SMS, MMS, telefonema à cobrar, avisem!!

Segunda tribo, os Casados:

Casado com Freezer – Variação do solteiro com freezer. Esse é muito comum, às vezes traí de verdade, às vezes fica só vendo os amigos petiscarem, mas matam o regime da mulher no freezer. Sempre volta pra casa para matar a fome. Nem que já tenha comido pizza no meio da semana. Ele casou por forças das circunstâncias, era pra ser solteiro pra sempre.

Casado Animal – Puxa, como existe. Muito mais na versão galinha que na coelhinho. Se bem que o coelhinho casado é perfeito pra mulher que tem pele de cordeiro.

Casado Assumido, Uih! – Sonho de consumo de toda mulher. Casou e pronto. Não cisca no terreno vizinho, não tem freezer porque consome muita energia, e pizza, só se for pra dividir aquela de verdade com a companheira. Existe sim, já vi, não é lenda urbana não, acredite. Tem a versão Light, que vai da casa ao trabalho e vice-versa. Cumpre as tarefas, todas as tarefas, sem engordar. E tem a versão Gordurosa. Esse é bom também, mas engorda fácil, apesar de ser ótimo para tarefas domésticas, como fritar ovo, batatinhas, é do tipo que cansa fácil. Quem tem uma espécie desses em casa é melhor colocar seguro e alarme. Ele estaciona em qualquer lugar e sempre esquece o radio no painel. Fique de olho, as bandidas adoram fazer ligação direta neles.

E finalmente a tribo que surgiu depois de 1970 e têm invadido o planeta de forma predatória e perigosa, os Separados:

Separado Sempre-Unido: Separou, é o que fala pra todo mundo, mas se bobear ainda dorme na mesma cama que a ex. Pobre da mulher que pensar que ele diz a verdade, mentira! Nunca diz. No fim das contas ela vai ser pivô da reconciliação. Eles voltam pra tribo dos casados. Sempre voltam.

Separado Marinado: Já faz tempo que separou. Ficou na geladeira porque a mulher o chifrou e sabe como é, tem que ter coragem pra colocar a testa a prova novamente. Andou petiscando, mas nunca quis levar pra casa o que sobrou da pizza. Demora pra entender que já é hora de acreditar de novo, e quando percebe já está sem cabelo e barrigudo.

Separado Viúvo: Tem quase todos os ingredientes do marinado, com a desvantagem de não ter sido chifrado. A falecida é elevada ao reino das mães. Não dá pra competir.

Apesar da classificação, os homens podem pular de uma tribo pra outra, e mesmo dentro da tribo pode mudar a espécie. Mas acredite mulher, não tem como manipular essa mudança. Tudo faz parte da evolução de cada um. Tem homem que nasce em uma tribo e em uma espécie e morre nela, não adianta que não muda. Não adianta fazer enxerto, mudar o substrato, usar lingerie nova, provocar com beliscão de pizza pronta, nada faz ele mudar se ele não quiser.

Faz parte da evolução das espécies. Alguns tomam o click e deixam de ser uma coisa para virar outra, para evoluir ou para regredir, mas nunca depende da mulher. Paciência. O importante é saber classificar, ler o rótulo e fundamental, saber se é alérgica a algum ingrediente.

No mais, use com moderação. Todos fazem mal na época da nossa TPM.

E só pra completar, fique feliz se ele não resolver mudar do Reino Homem para o Reino Mulher!

Clau Ciapina

Feliz dia Internacional da Mulher!

Desabafo

Ahhh eu fico tão chateada quando as pessoas caem aqui no Craft Corner pela busca do Google, nem leêm o post, os comentários, nada, e me pedem o que acabai de responder antes.

Digo que não tenho o molde, no comentário abaixo me pedem o mesmo molde novamente. Digo que o molde está no link e a pessoa não lê o texto e me pede o molde…

Ok, ando desanimada por outras coisas também, mas essa é uma delas.

#prontofalei, agora bola pra frente…

Engenhoca Caseira

Engenhoca Caseira, upload feito originalmente por Borbolet’s© – Fotografias.

Olha só como a Danny é super criativa. Ela não inventou a roda, mas fez ela mesma a peça usando latinha de cerveja (ou refrigerante) cola e dois imãs!

Danny, vou ter que sair para tomar um refri só para poder fazer um igual ao seu, rs.

Pra quem ainda não conhece a engenhoca visite o Borbolet´s e faça o seu também.

PS. Não deixem de visitar o blog todo, tem muito PAP lá, muita dica bacana!

Cadernos

Cadernos, upload feito originalmente por ClauCiapina – Craft Corner.

A melhor parte do começo do ano é poder começar uma agenda nova, um caderno novo e limpinho.
Bom, eu adoro isso, rs.
Então tratei de fazer três capas, um para agenda que ganhei de um fornecedor muito bacana que lembrou de mim no fim do ano (boa dica pra quem tem comércio, rs – esse ano ganhei além das canetas, agenda, vinhos, risque-rabisque de mesa, e um pote de bombons maravilhosos!) e duas para dois cadernos novos.
Uso o Opus da Tilibra, sem pauta, para poder rabiscar a vontade enquanto anoto tudo que tenho que fazer. Faço muito croqui enquanto converso, antigamente usava folha A4, sulfite, mas depois que descobri esses nunca mais larguei, o duro é não é um caderno fácil de encontrar. Então quando encontro compro logo três de uma vez.
Um deles vai ser para a obra do apartamento que vou morar e outro é meu caderno de croquis do Craft Corner.

cadernosdez

PS. Confesso que para as obras tenho certa vergonha de ser frufru, parece que na construção civil quanto mais surrado o material mais você é profissional, uma pena, porque eu não sou assim, rs.

Lembraçinhas

120 lembrançinhas!

Quase pirei, mas minha mãe ajudou muito e conseguimos terminar uma semana antes. Sabia que ia dar trabalho, mas fiz com muito gosto, já que era pra minha irmã.

Usei tecidos de várias cores, fitas e botões encapados combinando e cabo de palito de churrasco encapado com fita floral. Não é trabalhoso, mas foram tantas e eu estava tão sem tempo por conta do trabalho e foi uma loucura terminar. Pegava todo domingo um pouco e como começei com bastante antecedência deu tempo.

tulipas

No fim da festa as tias abriam a bolsa pra me mostrar quantas elas conseguiram, rs.  Muito bom ver o trabalho da gente sendo valorizado.

PS. Pelo blog você vai encontrar molde das tulipas e dos passarinhos… Não é difícil achar, aproveite para ler os posts anteriores e comentar se não o fez ainda!