Feeds:
Posts
Comentários

Sábado passado fui ao centro de São José dos Campos comprar uma Dolmã nova pro marido.

Olha só o que passava pela Rua 15 de Novembro:

Imagem

Estavam indo em direção ao Revelando São Paulo no Parque da Cidade.

Uma pena, não tive oportunidade de visitar a feira que acabou domingo passado…

Mas em compensação comi a melhor galinhada da minha vida!

Imagem

Preparada por um dos maiores Chefs de Cozinha da região!

Na minha humilde e parcial opinião, o melhor!

Imagem

Atualizando

Muita coisa aconteceu no ano que passou.

Por isso mesmo, deixei os atersanatos e minhas bonecas para o segundo plano.

Mas no fim do ano, bateu aquela saudade e maridão deu a maior força para voltar a costurar! Aliás um dos meus próximos projetos (tecido já tenho!) será um pijama para ele -será segunda inteção esse apoio todo para que eu volte a costurar ??

Fiz bonecas no fim do ano, bolsinhas, necesseries e porta-lenços.

Não tirei foto de tudo… (para variar dou de presente e esqueço de tirar foto)

Aos poucos vou voltar ao ritimo das artesanices de blogar…..

Pretendo rechar de coisas fofas esse trimestre!

Com calma tudo se acerta, rs.

Beijos

Deck de parede

A idéia de fazer um deck na parede da sacada não saiu da cabeça enquanto não concluí… é sou teimosa mesmo, quando “encasqueto” de fazer alguma coisa pra mim mesma, sai da frente. Pode demorar semanas, meses, mas sai.

deckdeparede4

Esse deck demorou bastante tempo, não pela execução que foi bem fácil, mas pela falta de tempo mesmo, porque não posso furar paredes de fim de semana, nem feriado, e só consegui terminar quando tive um sábado de manhã livre, unico horário que o condominio permite fazer esse tipo de barulho. Eu respeito, afinal acordar com furadeira no apartamento ao lado é bem desagradável, eu sei!

Bom, vamos ao PAP?

deckdeparede004

deckdeparede003

deckdeparede002

Primeiro fui até a Leroy Merlin comprar os módulos de deck, comprei quatro de 50×50, e parafusos e buchas 6. Tinha uma placa de EVA branca que usei também, e cola quente.

deckdeparede005

Furei cada deck em dois pontos, em cima e em baixo, para fixar na parede.

deckdeparede006

Passei cola quente na parte de trás do deck e colei uma placa de EVA para proteger a parede de alguma água suja que escorresse das plantas.

deckdeparede007

deckdeparede008

Marquei o EVA na posição do furo da madeira e na parede para fixar as buchas.

deckdeparede009

deckdeparede3

Depois de fixados é só pendurar as plantas com arame galvanizado.

deckdeparede2

Muito fácil e ficou com um aspecto muito bacana!

deckdeparede010

Claro que não está pronto, tenho mais duas orquideas para colocar (muito cuidado nessa hora, se depender da minha mãe isso vai virar uma coleção imensa de plantas!) e para finalizar vou fazer um piso de pedriscos e revestir a frente da sacada com ladrilho hidráulico.

É… o problema da decoração quando é a gente mesmo que faz, é que não tem fim… já me conformei com isso, rs.

Fiz um link do blog de arquitetura para esse post, dá uma olhada lá também…

Na minha hora do ócio me deparei com uma foto da Juliana Paes andando pelo aeroporto do Galeão no RJ muito bonita, com um lenço Louis Vuitton no pescoço.

0,,21031562-EXH,00

Não entendo como essa marca está no mercado há tanto tempo com produtos que mais parecem um mini-outdoor.

Ou melhor, entendo sim. Não é qualquer um que pode comprar um legítimo LV e por isso se você gasta uma pequena fortuna numa bolsa de mão, uma mala de viagem, num lenço de pescoço, tem mais é que mostrar para todo mundo que pode gastar.

Não estou aqui criticando a qualidade de marca, não tenho e nem numca me interessei em comprar uma, nem mesmo aquela que vende ali numa rua famosa de SP, mas não duvido que as originais devem ser muito bem feitas.  Sei que algumas são feitas artesanalmente e a fábrica tem um nível de qualidade acima da média.

Questiono o porque das pessoas gastarem tanto em um objeto tão caro para estampar a marca. Acho que por isso nunca me encantei por produtos com LV estampado pelo produto. Odeio ser garota propaganda de marca tão massificada e classificada.

A marca mais falsificada do mundo não é a que tem o melhor design, é a que tem o maior status entre as pessoas que querem mostrar que agora podem.

Prefiro sim fazer minhas proprias carteirinhas, comprar uma bolsa que sei que foi feita com todo carinho e que não é status de dinheiro, mas de bom gosto.

Quanto deve custar um produto bem feito?

Respondo, o preço justo.

Ok, deve ter alguem pensando que só digo isso porque não tenho. Mas não tenho porque nunca quis ter…Cartão de crédito serve pra que? rs

Essa mesma foto da Juliana Paes com um belo lenço de tear, tricô, crochê, bordado em um tecido nacional, não estaria muito mais bonita e alto astral?

Mesa e Cadeiras

Deu trabalho, mas ficou do jeito que planejei!

Ela era de madeira envernizada, tinjida de vermelho.
DSC04557

Começei  lixando, mas não tenho muito tempo para um trabalho desse porte, então paguei um pintor para fazer o serviço pesado. Ele cobrou R$100,00. Achei caro, mas como já tinha começado e não dava mais para voltar atrás, acabei pagando.

Ficou ótima, mas quando levei para o apartamento precisei retocar.

Cadeiras1
Encapei os assentos com tecido 100% algodão mais encorpado e comprei uma prancha de mdf 6mm para substituir o tampo de vidro que estava quebrado. Usei o mesmo tecido no tampo e depoisrevesti com vinil transparente.

Cadeiras2

Mesa renovada, vai durar um bom tempo!

Cadeiras4

Crochet inusitado

Recebi um email com um arquivo PSP em anexo. Confesso que recebo muitos por dia. Não leio todos, só os que foram enviados por alguém que nunca envia, ou aqueles que chamam a atenção pelo nome.
Esse abri porque chamava “fotos”.
Fim da tarde, nada mal olhar algumas fotos. Muitas impressionantes, mas uma me chamou a atenção.

Claro que tinha algo craft surpreendente!
Uma árvore toda revestida de crochet, e muito colorida do jeito que eu gosto das coisas.

41_b41_f

Dei uma busca básica no pai da internet, o Google e descobri que quem faz esse trabalho não é uma crocheteira maluca e sim uma artista que trabalha com linhas.

41_g

Carol Hummel

Tem fotos de outros trabalhos e merece uma visita no site da Carol Hummel.

117_f

39_c

Guirlanda



Guirlanda, upload feito originalmente por ClauCiapina – Craft Corner.

Minha cunhada, a Gabriela, vai ser mamãe! O papai Alessando, meu maninho querido está muito feliz!
Vou ganhar uma sobrinha e estou amando isso.
Tive o prazer de fazer o enfeite de porta fim de semana passado e confesso que foi um desafio por vários motivos.

Primeiro porque é uma sobrinha muito esperada, pelos pais, avós, e tios claro! Portanto é um enfeite importante!

O segundo desafio é porque recebi esses bonequinhos de pelúcia, personagens do filme Madagascar que a Gabi colecionou e guardou com carinho para usar na decoração do quarto.

Terceiro porque não recebi pedidos, orientações de como seria esse enfeite, só os bonequinhos!

Fiquei com eles vários dias aqui no escritório mesmo. Fechadinhos num saquinho enquanto trabalhava. Evitei pensar nisso até ter tempo de realmente colocar a mão na massa.

No sábado fui pro meu apartamento (que já está de ateliê montadíssimo, em breve um post sobre isso aqui) e coloquei eles em cima da mesa.
Não apareceia nada na cabeça, e já estava ficando preocupada com isso.
Até que no sábado a noite juntei eles e surgiu a guirlanda na minha mente!

Como era sábado a noite nem pensei em esperar segunda pra sair atrás de material. Procurei numa caixa de ferramentas que tinha e encontrei um fio encapado de 1,5mm de elétrica. Perfeito porque era durinho e encapado.

Enrrolei uma fita floral verde nele todo para ficar verde e sai a caça de retalhos em tons de verde e lilás (as cores do quaritinho da bebê). Nessa hora vi o quanto foi bom guardar os retalhos num baú.

Cortei tirinhas e amarrei cuidadosamente em volta de todo o circulo encapado. Depois de deixar bem fofinho e colorido, foi fácil, juntei os bichinhos, coloquei coraçõezinhos de tecido e uma plaquinha de tecido bordado (meu primeiro bordado com nome!)

A Gabi e o Ale gostaram. Minha mãe também!
Só falta a Amanda gostar também, rs